top of page

Sábio ou Louco da Chapada dos Veadeiros?







Estou em São Jorge, na Chapada dos Veadeiros, quando avistei na beira da pista um jovem senhor pedindo carona. Parei.

― Tá indo pra onde? Perguntei.

― Estou indo no mercado fazer umas comprinhas.

― Vamos, te levo lá. Respondi solícito. Fizemos as apresentações e cumprimentos formais. ― Sou Marco Venerando porque venero a Deus, o sol, a chuva, a mata.

― Então me venere, sou o Rios. Demos uma gargalhada de mais de quilômetro. ― Venerando, me conta uma boa história, você é daqui? ― Cheguei aqui há vinte anos. Morava em São Paulo. Eu era que nem você. Vivia na coleira do patrão, ele afrouxa no fim de semana mas na segunda-feira puxa a coleira. Tinha emprego de dublador e ator, ganhava um bom dinheiro. Tinha esposa, casa boa, carro e um lindo cachorro. Meu sogro filmou as três Chapadas... Dos Veadeiros, dos Guimarães e Diamantina. Quando vi o filme da Chapada dos Veadeiros eu pirei o cabeção. Chamei a mulher para vir morar aqui. Ela não quis. Só esperei sair a documentação da separação e estou aqui. Feliz da vida. De novo uma boa gargalhada.


Falou também da sua experiência nos combates aos incêndios florestais. Seus olhos marejaram quando lembrou das terras perdidas na justiça e da cadela Flor enterradas naquelas paragens. Ele quebrou o breve silêncio. ― João, você conhece o professor Afonso Vasconcelos? Ele é dono do canal Ciência de Verdade. ― Não conheço. Me conta. ― A terra é plana ou redonda? Ele perguntou com ar descontraído como quem já sabe a resposta. ― Claro que é redonda. ― João, coitado de você. Desculpa falar assim. Mas você é mais um enganado pela NASA. A terra é plana, irmão. Se fosse redonda como se explica que o mar é na horizontal? Se a terra gira a 1,666 mil quilômetros por hora, como pode a chuva cair em pé e não na horizontal? ― Teoria interessante. Murmurei querendo ouvir mais e sem revelar que eu era formado em Geografia. ― Não existem satélites. O homem não botou satélites no espaço, botou apenas uns balões experimentais pra ficar observando nosso comportamento lá de cima. O homem nunca foi à lua e não existem outros planetas girando em torno do sol. Como é que pode ficar um montão de planetas gigantes girando soltos no espaço? Isso é coisa de maluco! Sentenciou. A terra está fixa num bloco de gelo azul gigante que fica lá na antarctica.






Foto extraída de https://www.tecmundo.com.br/ciencia/150626-milhoes-brasileiros-declaram-terraplanistasdiz-datafolha.htm Afirmou com certeza, e eu disse que acreditava, que no subsolo do Vaticano existe um museu com deuses de outros povos que foram roubados pelos Cavaleiros Templários. Aos Templários era permitido saquear, matar e estuprar em nome de Deus. E deram todo o produto do roubo para o Vaticano. É só ir lá e ver, só que ninguém tem acesso, mas tá tudo lá! ― E o que você está achando do nosso Presidente? Perguntei para puxar conversa. ― Nem Bolsonaro nem Lula querem o bem do Brasil. Eles não sabem o potencial que têm. São todos um bando de malucos egoístas. Eles só querem se dar bem, só olham para o próprio umbigo, só para a família deles. E não vou tomar vacina. Virou-se para mim e perguntou com firmeza: ―Você sabia que o vírus da Covid foi inventado na Inglaterra e enviado para a China e de lá espalhado para o mundo? Você percebeu que as primeiras vacinas vieram da Inglaterra e da China? Eles nos deram o vírus, venderam a vacina e as máscaras. Tudo combinado, irmão. O que eles querem é vender os caixões - olha na internet, são caixões de plástico da FEMA que cabem quatro adultos. Existem dois bilhões de caixões prontos para serem vendidos, só esperando uma catástrofe. A coroa do coronavírus foi feita em laboratório. Eles pensavam que iam vender esses caixões com a Covid. Por que o Bolsonaro não quer a vacina? Te explico. Porque ele vai ganhar uma porcentagem na venda desses caixões. Se eles não conseguirem vender esses caixões hoje, eles vão criar outros vírus... Irmão, é tudo um plano, tá tudo armado.






Foto extraída da internet Como senti que ele tinha uma boa alma e cheio de histórias para contar, acertamos o passeio para ele me mostrar onde tinha passarinhos. Ele não entende nada de passarinhos, mas é ótima companhia e tem boa prosa. ― Na minha casa tá cheio de passarinhos. Jogo arroz no chão, eles entram e fazem a festa. Você vai cansar o dedo de tanto clicar, eu entendo de fotografia de cinema, fiz curso. João, você acredita em ET? ― Sim. Acredito. É muita prepotência do ser humano querer ser o único no universo. ― Pois eles existem mesmo. Há poucos dias vi um. Eles são bem altos, do tamanho daquela árvore. Têm a cabeça pequena, uma boca bem grande e os dentes são do tamanho do meu dedo aqui – mostrou o indicador. De tão altos eles andam com os joelhos curvos – e mostrou um andado meio acocorado. Eles não são do bem, são do mal. Eles querem nos escravizar. Como eles sabem que a aqui na Chapada tem muito diamante, eles querem que a gente ache os diamantes, cave e entregue tudo de bandeja para eles. Já final do dia, estávamos a caminho da casa dele para deixarmos as compras e apreciarmos o pôr-do-sol. ― Lá de casa é o melhor lugar para ver o pôr-do-sol. No caminho havia uma faixa na beira da pista: “Massagem tântrica terapêutica”. ― Marcos, que massagem é esta? ― João, tem homem que não sabe conduzir uma mulher na cama. Na massagem tântrica a mulher é uma deusa, uma rainha. O homem tem que estar a serviço dela. O homem precisa entender que ele é o escravo de todos os caprichos dela. Sexo não é esse negócio de ficar de pau duro, pula em cima da mulher, vup vup e cai pro lado. Tem uns que até dormem! Sou formado em yoga, massoterapia e terapia tântrica. Tem mulher que tem dificuldade de gozar, outras tem vergonha de ficar nua, outras gostam do ato lento, sem pressa. O erro de uns gurus famosos foi que eles transaram com as pacientes deles. Isso não pode, é proibido, é antiético. A mulher que está exposta, permitindo que a toquemos, é nossa cliente. Ela está querendo resolver um problema íntimo, de saúde ou de alma. Ela está vulnerável. Tem madame que vem aqui só para fazer tântrica. Não é sexo, entende? É terapia tântrica. Essa modalidade de terapia não tem hora para acabar. A mulher tem orgasmos múltiplos, é dever do homem esgotar todos os orgasmos dela, um a um. Na tântrica a mulher tem cinco, dez, vinte orgasmos. Pode demorar uma hora ou o dia inteiro. O ideal é que seja feito com o marido presente para ele aprender. Ele precisa entender que a montada da mulher nele não é para ele apressar os instintos dela. Ela é a rainha. Ele, o escravo. Chegamos a casa dele, descemos as compras. ― Eis o Rei Sol alaranjado. Aprecie! Não vai tirar uma foto? Perguntou mostrando uma alegria incontida. ― Não. Quero levar essa imagem no coração. Nenhuma foto consegue mostrar o que sinto diante de tanta beleza. Eu queria ficar em silêncio, em oração, mas o Marcos não percebeu. ― Irmão, olha a lua ali. Esta é a maior prova de que a terra é plana. Sol e lua ao mesmo tempo. Se a terra fosse redonda a lua estaria na parte de baixo. De manhã o sol estava daquele lado, agora deste lado. A NASA foi quem criou o Photoshop. Ela arredondou os cantos da terra, fez da terra uma bola. Você pode escrever tudo isso. Uns vão me chamar de sábio, outros, de louco. O que você acha? ― Você é o sábio mais louco da terra, seja ela plana ou redonda. O sol parou de se esconder e nos acompanhou na gargalhada mais solta da terra. Chapada dos Veadeiros/GO, 18/09/2021

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page